Grutas Mira de Aire

Da Fórnea às Grutas

O trilho leva-nos através do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros, em pleno Maciço Calcário, com bonitas e agrestes paisagens, marcadas pelos seus tradicionais muros de pedra.
Com início no Centro de Actividades de Ar Livre de Alvados, este trilho encontra pouco depois o primeiro ponto de interesse: a espectacular estrutura geológica da Fórnea. Daqui volta-se por meia encosta (ou em alternativa faz-se a subida ao topo) da Costa de Alvados, com maravilhosas paisagens circundantes sobre o Planalto de Santo António, principalmente ao longo do Vale da Canada, por onde o trilho nos leva.
Depois de atravessada a N1349, desce-se por entre muros antigos e caminhos rurais até Chousos, a partir de onde se sobe até ao Alto dos Crutos, com a sua espectacular vista sobre o Polje de Mira-Minde, ao longe. A partir daqui, faz-se uma longa descida na Costa de Mira, a acompanhar as Lagoas de Minde e de Mira, até chegarmos ao Olho de Água. Depois de atravessar por entre o casario da localidade, chega-se à entrada das Grutas de Mira de Aire, o nosso destino. A não perder!

Pontos de Interesse

CENTRO ACTIVIDADES AR LIVRE

O Centro de Actividades de Ar Livre de Alvados é uma estrutura de apoio às actividades desportivas em contacto com a natureza.

FÓRNEA

A Fórnea é uma magnífica estrutura geológica, em anfiteatro, com cerca de 500 m de diâmetro e 250 m de altura e corresponde à cabeceira encaixada da Ribeira da Fórnea.

POLJE DE MIRA-MINDE

O Olho de água da Lagoa de Mira é uma das principais nascentes ocasionais do Polje, depressão fechada originada por erosão cársica onde se acumula água.

GRUTAS DE MIRA DE AIRE

As grutas de Mira de Aire, também conhecidas por Grutas dos Moinhos Velhos, foram descobertas em 1947 mas só na década de 50 foi possível conhecer totalmente o percurso que se encontra actualmente aberto ao público.

Veja também

GR30-V.F.Xira

Do Forte da Carvalha ao Forte da Aguieira Esta etapa do GR30, sempre a bordejar …