GR30-Torres Vedras

Do Forte de S. Vicente ao Forte do Grilo

Esta é uma das etapas mais representativas do GR30, uma vez que se inicia e termina no Forte de S. Vicente, junto a Torres Vedras. Por altura da sua construção, esta era a localidade mais importante das Linhas Defensivas, situada numa posição central da 1ª Linha e perto da Serra do Socorro, o principal posto de sinais e de observação. 
Deixando para trás a vista privilegiada sobre a cidade, o percurso atravessa-a, passando pelo Castelo, pelo antigo e característico Chafariz dos Canos, pela linda Igreja de S. Pedro, pelo Convento da Graça, subindo depois para as colinas a oeste. A partir daí faz-se um périplo pelo Castro do Zambujal, por diversos fortes das Linhas de Torres e pelo bonito Convento do Varatojo. 
Caminha-se essencialmente por caminhos tradicionais e estradas de acesso a terrenos de cultivo, com paisagens maioritariamente agrícolas. É uma etapa bastante longa, circular, com diversos desníveis a vencer, apesar de não muito acentuados.

Pontos de Interesse

FORTE DE S. VICENTE

O Forte de São Vicente era o mais poderoso forte das Linhas de Torres. 

CASTELO DE TORRES VEDRAS

Após a primitiva ocupação do sítio pelos romanos, as primeiras muralhas terão sido construídas pelos árabes. 

CASTRO ZAMBUJAL

O Castro do Zambujal é um povoado fortificado da Idade do Cobre ou Calcolítico datado do 3.º milénio a.C. .

Forte do Grilo

Forte nº 30, 340 soldados com 3 peças de artilharia de calibre 12 e 1 peça de calibre 9. Possuía posto de sinais. 

CONVENTO DE SANTO ANTÓNIO, VARATOJO

Fundado em 1470, por voto e devoção do rei D. Afonso V à Ordem de S. Francisco, foi sendo ampliado ao longo dos séculos. 

Veja também

Grous

Em redor da Barragem dos Grous Este percurso circular parte e termina no Monte de …