Galegos

De Galegos a La Fontañera (Rota do Contrabando do Café)

Entre a aldeia portuguesa de Galegos e a espanhola La Fontañera, o contrabando, principalmente de café, fazia parte das atividades do dia a dia, permitindo a difícil subsistência dos habitantes, num ambiente agreste e de solo muito pobre.
Apesar de as aldeias estarem muito próximas, distanciavam-nas as dificuldades do terreno. É por esta região granítica, muito bonita, que se desenvolve este trilho do contrabando, pelo Parque Natural da Serra de S. Mamede, do lado de cá, e Zona de Proteção de Aves, bem perto do Parque Natural Tajo Internacional, do lado de lá.
O percurso, que se inicia e termina em Galegos, passa por Pitaranha, Fuente Oscura – aldeia “quase fantasma” – e La Fontañera, povoação tão encostada à fronteira que uma das suas casas está do lado português. É um percurso de grande beleza paisagística e rural, por veredas e caminhos sinuosos, sempre acompanhados por sobreiros, muitas vezes confinado por antigos muros e altas paredes de granito, frequentemente “vigiado”, ao longe, pela cidade fortaleza de Marvão.
O trilho é muito agradável, equilibrado e acessível, mas apresenta alguns declives a vencer e o piso de pedra irregular, por vezes com passagem por grandes blocos, torna a progressão em algumas zonas um pouco mais difícil.

Pontos de Interesse

GALEGOS

Situada a 1 Km da linha da fronteira, Galegos é um pequeno aglomerado que se dedicava ao comércio de produtos consumidos pelo mercado espanhol. 

PITARANHA

Este lugar encontra-se numa zona muito frondosa e geograficamente rodeada por Espanha por todos os lados, exceto a sul. 

FUENTEOSCURA

Aglomerado espanhol junto à fronteira onde essencialmente se escondia o contrabando que era carregado às costas. A partir deste lugar os acessos melhoravam e tornava-se necessário vigiar caminhos e sendas, já que os carabineros aqui chegavam mais rapidamente. Hoje apenas subsistem de pé duas casas.

LA FONTAÑERA

A aldeia situa-se numa zona árida, imprópria para a prática da agricultura e com escassez de água, devendo a sua existência à prática do contrabando.

Veja também

Grous

Em redor da Barragem dos Grous Este percurso circular parte e termina no Monte de …